4 mitos sobre o armazenamento de água

cisterna
O que você precisa saber sobre a Água da Chuva
novembro 24, 2018
cisterna para agua da chuva
Cisterna para captar água da chuva: Faça um ORÇAMENTO!
dezembro 19, 2018
Mitos sobre o armazenamento de água.

Mitos sobre o armazenamento de água.

Muitas pessoas têm o costume de armazenar água em suas residências e empresas. Isso garante que elas não fiquem sem água caso aconteça algum problema no abastecimento da região, entre outras coisas. Mas, ainda existem alguns mitos sobre armazenamento de água, que devem ser desvendados. Aqui estão 4 mitos sobre o armazenamento de água que você deve saber para armazenar água de maneira correta.

Veja também: O que você precisa saber sobre a Água da Chuva

Mito 1: A água pode expirar

Fato: Um dos mais conhecidos mitos sobre o armazenamento de água é que ela expira. Mas, a água não expira. Ela pode ficar contaminada (quimicamente ou biologicamente), mas não “estraga”. Nesse caso a água pode ficar com um gosto ruim, mas esse sabor pode ser eliminado pela rotação e purificação da água. Se uma fonte de armazenamento de água estiver em condições ideais, tecnicamente ela pode ser armazenada por um período de tempo muito longo. Se houver risco de contaminação você pode “girar” a água.

Mito 2: Não tem problema armazenar água em qualquer recipiente de plástico

Fato: Outro dos mitos sobre o armazenamento de água é que ela pode ser guardada em qualquer recipiente de plástico. A água deve ser armazenada em um recipiente plástico de grau alimentício resistente aos raios UV ou em sacos metalizados. Tradicionalmente, os barris de armazenamento de água são azuis. Essa cor limita a exposição à luz e o crescimento biológico (bactérias e algas) e também significa que o que é armazenado no recipiente é seguro para consumo humano (por exemplo, a gasolina é armazenada em recipientes vermelhos).

Os recipientes mais seguros para guardar a água são os plásticos à base de polietileno, ou os plásticos # 1, # 2 e # 4. Você pode descobrir o número de plásticos procurando estes símbolos na parte inferior dos contêineres:

Mitos sobre o armazenamento de água

Os recipientes mais seguros para guardar a água são os plásticos à base de polietileno, ou os plásticos # 1, # 2 e # 4.

 

Mito 3: Não tem problema empilhar barris de água uns sobre os outros

Fato: A maioria dos barris de água não são construídos para o empilhamento. Se você não tem espaço para guardar os barris lado a lado e quiser empilhá-los, use recipientes de água com ranhuras na parte inferior.

Os barris de água são mais seguros se forem armazenados em pé. No entanto, não guarde o seu barril diretamente no cimento ou no chão. Isso porque plásticos absorvem sabores e odores de gasolina, líquidos derramados no chão e produtos químicos usados para a produção do concreto. Esses produtos químicos e odores podem deixar o gosto da água ruim. Então, coloque o barril de água em cima de uma placa de madeira ou papelão para que ele não tenha contato com odores.

Mito 4: O purificador de água dispensa o filtro

Fato: Purificadores de água como dióxido de cloro matam 99,9% de todos os microorganismos (como protozoários, bactérias e vírus) da sua água. O dióxido de cloro é excelente para o tratamento da água de barris.

No entanto, os purificadores por si só não removem a turvação (sujeira, sedimentos, e produtos químicos), portanto, é recomendado usar um purificador e filtrar a água para garantir que ela esteja limpa.

Veja também: Conheça 3 soluções sustentáveis que ajudam o meio ambiente

Para alguns usos, no lugar de armazenar água potável, você pode coletar e guardar água da chuva e para isso, você pode utilizar uma cisterna. Com uma cisterna você pode economizar na conta de água, diminuir as enchentes e preservar a água potável do Planeta Terra. Uma das empresas que oferecem cisternas é a Casa da Cisterna. Navegue pelo site para conhecer os produtos e peça sua cisterna!

Para ver mais mitos sobre o armazenamento de água e outras informações e curiosidades sobre a água, acompanhe nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *